ESPIROMETRIA

ESPIROMETRIA

A espirometria, também conhecida como teste de sopro, é responsável por medir o volume e a velocidade do ar com o objetivo de diagnosticar doenças pulmonares e respiratórias. Trata-se de um exame simples, indolor e que tem uma duração média de 30 minutos.

O responsável pela realização, acurácia e interpretação deste exame é o pneumologista técnico em espirometria.

 

Quando realizar este exame

A espirometria é requisitada para a análise do funcionamento dos pulmões e detecção de possíveis doenças, como asma, DPOC e alergias respiratórias. O médico pode pedir a realização de uma espirometria se houverem os seguintes sintomas:

  • Tosse com ou sem produção de muco (escarro);
  • Falta de ar;
  • Repuxar a pele entre as costelas durante a respiração (retrações intercostais);
  • Deficiência respiratória que piora com exercício ou atividade;
  • Padrão de respiração anormal;
  • A respiração para temporariamente;
  • Dor no peito;
  • Aperto no tórax.

 

Ou em casos de respiração ofegante que:

  • Surge em episódios com períodos intercalados sem sintomas;
  • Pode ser pior à noite ou no início da manhã;
  • Pode desaparecer por si mesma;
  • Melhora quando se utiliza medicamentos que abrem as vias respiratórias (broncodilatadores);
  • Piora quando se inspira ar frio;
  • Piora com azia (refluxo);
  • Em geral começa repentinamente.

 

Este exame é pedido para:

  • Determinar a causa de problemas respiratórios;
  • Diagnosticar algumas enfermidades pulmonares, como asma ou doença pulmonar obstrutiva crônica (DPOC);
  • Diagnosticar doenças de circulação, como hipertensão pulmonar;
  • Fazer o acompanhamento de doenças pulmonares já diagnosticadas;
  • Avaliar a função pulmonar de uma pessoa antes de uma cirurgia, sobretudo aquelas que envolvem o tórax;
  • Verificar a função pulmonar de uma pessoa que é regularmente exposta a substâncias que podem causar danos aos pulmões, como fumantes e trabalhadores expostos à poeira e produtos químicos;
  • Verificar a eficácia do tratamento de doenças pulmonares. 

 

Como se preparar para a espirometria

  • Evitar fazer uma refeição pesada antes do exame, pois o estômago cheio pode impedir os pulmões de se expandirem ao máximo. Todavia, não é recomendado realizar esse exame em jejum;
  • Evitar fumar 4 horas antes do exame;
  • Evitar atividades físicas 2 horas antes do exame;
  • No dia do exame, utilizar roupas folgadas, que não restrinjam a respiração;
  • Evitar alimentos ou bebidas que possuam cafeína, pois ela ode deixar suas vias respiratórias mais relaxadas, possibilitando a entrada de mais ar do que o normal.

 

É preciso informar ao seu médico se:

  • Já sofreu com dores no peito recentemente ou se já teve um ataque cardíaco;
  • Toma alguma medicação para problemas de pulmão, como asma;
  • Se possui alergia a algum medicamento;
  • Já passou por procedimento cirúrgico no peito ou no abdômen, ou se já teve algum colapso pulmonar (pneumotórax).

 

Riscos

A espirometria tende a ser um exame simples e seguro. É comum que o paciente se sinta tonto com a falta de ar após o processo.

É raro este teste causar problemas respiratórios aos pacientes, e não é realizado em pessoas com condições cardíacas instáveis, uma vez que é preciso fazer um certo esforço durante o exame.

Depois de terminado o exame, não é necessário repouso por parte do paciente, podendo este retornar às suas atividades normais.

 

A espirometria é um exame simples, rápido e indolor, que pode auxiliá-lo a prevenir problemas de saúde precocemente. Portanto, ligue ainda hoje e marque uma consulta na Medic Life! Faça seus exames na Medic Life! Os melhores e mais dedicados especialistas de Formosa e região você encontra aqui.