blog-post-image

COLETA DE PREVENÇÃO - PAPANICOLAU

Mais conhecido como exame de Papanicolau, é responsável por analisar as células da região do colo do útero com o objetivo de detectar infecções vaginais, doenças sexualmente transmissíveis (DST) e, especialmente, qualquer sinal indicativo de câncer de colo uterino, o 3º tumor que mais acomete a população feminina, de acordo com o Inca (Instituto Nacional de Câncer). 

É um exame simples, que consiste no recolhimento de material do colo uterino por meio de uma “colher de raspagem”. 

Descobriu-se na década de 1980, que o HPV (Vírus do Papiloma Humano) é o principal responsável pelo câncer de colo de útero, e tem como meio exclusivo de transmissão o contato sexual, onde ele é capaz de penetrar nas microlesões da pele e mucosas. Além de ser a doença sexualmente transmissível mais comum, podem ser encontrados mais de 150 tipos deste vírus no ser humano, que também são responsáveis pelas verrugas genitais. Uma média de 80% da população possui a infecção transitória e é capaz de eliminar o vírus; 20% apresenta a infecção persistente, e as pessoas do sexo feminino geralmente são as mais afetadas. Este grupo de pessoas que apresentam o vírus com características de manter a infecção persistente é chamado de grupo de alto risco e, dentre esses, os tipos 16 e 18 de HPV são os responsáveis por 70% dos casos de câncer de colo do útero.

 

Indicações para realizar o exame

Por esse tipo de câncer não ter um desenvolvimento rápido, o mais indicado é que o exame de Papanicolau seja realizado apenas em mulheres a partir dos 21 anos, com exceção das que ainda não tiveram relações sexuais, até as mulheres com 64 anos, independente de possuir vida sexual ativa ou não. Se necessário, o médico poderá alterar a frequência da realização do exame.

O exame de coleta de prevenção pode ser realizado mesmo durante a gestação e precisa ser incluído na lista de exames do pré-natal.

 

Como é feito o exame?

A coleta se dá de forma simples: durante o exame ginecológico, o médico responsável realiza uma coleta das células do colo do útero, utilizando uma espátula e uma escovinha. As células recolhidas podem ser espalhadas diretamente na lâmina de vidro ou coletadas em meio líquido. 

Antes de fazer o exame de coleta de prevenção é necessário evitar relações sexuais, cremes, duchas e não pode estar menstruada pelo menos 2 dias antes da coleta. 

O Papanicolau dura apenas alguns minutos e é realizado por um profissional experiente no procedimento.

O exame de coleta de prevenção deve ser realizado anualmente. Depois de dois exames consecutivos normais, é possível espaçar mais esse tempo e realizar o exame a cada 3 anos, de acordo com a definição da Organização Mundial da Saúde.

 

Resultado

Os resultados que apresentam alteração precisam ser analisados por profissionais especialistas, já que as condutas e tratamentos serão específicos de acordo com cada caso e com o período de vida. Como forma de ampliar as avaliações, podem ser exigidos exames complementares, como: testes para pesquisa de HPV, colposcopia e biópsias.

 

O exame de Papanicolau auxilia no diagnóstico de:

. Câncer de colo do útero e suas lesões

. Infecções vaginais como Gardnerella vaginalis, tricomoníase e candidíase

. Sífilis

. Gonorreia

. Condilomatose

. Clamídia

. Cancroide. 

 

Sua saúde é muito importante para nós! Venha para a Medic Life e tenha um acompanhamento personalizado!