blog-post-image

AUDIOMETRIA

Quando um especialista suspeita que exista algum problema na audição de um paciente, ele pode solicitar que essa pessoa passe por uma audiometria. 

Também conhecido como audiograma, esse exame é realizado de uma forma muito simples e indolor, e avalia o modo como uma pessoa ouve e entende os sons.

 

Tipos de audiometria

Audiometria Vocal

O especialista falará algumas palavras e fonemas e o paciente deverá repeti-las da maneira que entender. Assim, o exame pode indicar a compreensão da linguagem (inteligibilidade) e a discriminação (capacidade de discernir os fonemas), botando em teste a cóclea e o sistema central. O especialista responsável por aplicar o teste calcula uma porcentagem de acertos (100% equivale ao nível de audição tido como normal).

 

Audiometria Tonal

Faz a avaliação da capacidade da pessoa de ouvir estímulos sonoros, O paciente coloca fones de ouvido e responde aos estímulos sonoros que são enviados comumente por um fonoaudiólogo. Todas as vezes em que ouvir um som, o paciente em teste deverá avisar ao especialista. Ambos ouvidos deverão ser testados, separadamente, para sons graves e agudos. Geralmente, a duração do exame é de cerca de 30 minutos.

 

Audiometria Infantil

Quando tratamos de crianças, algumas adaptações são feitas na audiometria. Dentro da cabine, o bebê ou a criança ficam sentados no colo de uma pessoa responsável, com fones de ouvido ou em campo livre. A utilização de técnicas lúdicas auxilia o especialista a conduzir a testagem. 

 

Audiometria Ocupacional

Este exame é responsável por avaliar a audição de trabalhadores (especialmente os que ficam ao ruído no trabalho) para identificar alterações auditivas e prevenir o agravamento de perdas auditivas que possam ocasionar problemas para o trabalhador e para a empresa.

 

Quando a audiometria é solicitada?

Em grande parte das situações, o médico solicita a audiometria quando uma pessoa ou seus familiares relatam ter problemas para ouvir.


 

Preparação para o exame

É necessário que o paciente fique 14 horas de repouso acústico (não ficar exposto a ruídos fortes e constantes).

 

Possíveis resultados

. Abaixo de 25 – Audição normal

. De 26 a 40 – Perda auditiva leve

. De 41 a 55 – Perda auditiva moderada

. De 56 a 70 – Perda auditiva moderadamente severa

. De 71 a 90 – Perda severa

. Acima de 90 – Perda profunda

 

Fatores que podem influenciar o resultado da audiometria

. Traumas acústicos

. Perda auditiva relacionada à idade

. Síndrome de Alport

. Neurinoma do acústico

. Labirintite

. Doença de Mèniere

. Otosclerose

. Tímpano rompido ou perfurado.

 

O que fazer quando o resultado está alterado?

Quando o resultado da audiometria apresenta alterações, pode ser uma indicação de algum tipo de perda auditiva. Em grande parte dos casos, o melhor é retornar ao otorrinolaringologista, para que ele realize o diagnóstico da causa dessa perda e encaminhe o paciente para o uso de aparelhos auditivos ou, em algumas situações, do implante coclear. Quando há o diagnóstico de perda auditiva, é fundamental não deixar o problema para lá. Quanto mais tempo a pessoa demorar para tratar a surdez, pior pode ser.

 

Cuide bem da saúde dos seus ouvidos. Agende uma consulta na Medic Life e realize todos os exames!