blog-post-image

OTORRINOLARINGOLOGIA

A otorrinolaringologia (oto = ouvido, rino = nariz, laringo = laringe) é a especialidade da medicina que possui características clínicas e cirúrgicas. É uma área muito ampla em relação aos estudos da face, pois não cuida apenas das doenças, mas também da parte estética que engloba toda a cabeça, com exceção do cérebro, olhos e dentes.

É o ramo da medicina que cuida do nariz, dos seios da face, dos ouvidos e da garganta (faringe e laringe). Se fosse para ser mais detalhista, o nome completo dessa especialidade seria “otorrinosinusofaringolaringologia”, porém nenhum paciente procuraria por essa especialidade, pois ninguém saberia repetir esse palavrão na hora de marcar a consulta, e também não caberia nos carimbos médicos.

 

Quem é o otorrinolaringologista?

Mais conhecido pela abreviação “otorrino”, tem como principal função cuidar da audição, respiração, voz (envolvendo as cordas vocais), garganta e de tudo relacionado a isso, como o sono e as alergias das vias respiratórias. Pode tratar também de cirurgias da face, inclusive de tumores que atingem parte do cérebro, e cirurgias no pescoço. O otorrino ainda pode realizar cirurgias plásticas estéticas em toda a face.

 

Sinais e sintomas mais comuns de doenças a serem tratadas pelo otorrino

São elas:

. Nariz entupido

. Dor de cabeça

. Dor na face

. Secreção nasal

. Sangramento nasal

. Dificuldade auditiva/surdez

. Zumbido

. Tontura

. Secreção no ouvido

. Sangramento no ouvido

. Dor de ouvido

. Dor e infecção de garganta

. Rouquidão (disfonia)

. Pigarro

. Tosse

. Roncos e apneia.

 

A avaliação clínica realizada pelo otorrinolaringologista (otorrino) é de suma importância para o diagnóstico adequado e tratamento dessas afecções. O tratamento tanto pode ser cirúrgico quanto clínico, de acordo com cada caso específico.

As principais doenças são:

. Rinites

. Sinusites

. Desvio de septo nasal

. Polipose nasal

. Distúrbios do sono (apneia)

. Surdez

. Otites

. Perfuração do tímpano

. Distúrbios do labirinto, labirintites

. Amigdalite/faringite

. Adenoides e amigdalas aumentadas

. Paralisia facial

. Distúrbios da deglutição

. Alterações das pregas vocais.

 

Quando ficamos resfriados, o nariz escorre, os ouvidos ficam tampados, a garganta dói. Logo podemos notar que “é tudo uma coisa só”, ou pelo menos, muito relacionado.

Isso acontece porque, de fato, há uma comunicação direta entre esses órgãos, mas especialmente, porque a mucosa que os reveste por dentro é muito semelhante, praticamente um contínuo.

Dessa forma, é normal que uma inflamação do nariz se prolongue pela mucosa dos seios da face, da faringe, da laringe e até mesmo para a orelha média.

 

Como saber se é hora de procurar um otorrino?

Normalmente o médico otorrino é procurado somente depois da indicação de um outro médico, em grande parte das vezes um clínico geral ou pediatra. Porém, o paciente pode e deve procurar o otorrino, todas as vezes que perceber que possui problemas relacionados aos ouvidos, nariz e garganta.

O otorrinolaringologista faz o acompanhamento do indivíduo desde o momento do nascimento até alcançar a velhice, tratando das principais enfermidades que afetam cada fase da vida. Na infância, as otites e amigdalites têm uma maior frequência, na idade adulta, são as rinites, sinusites, rouquidão, já nos idosos, a surdez e os distúrbios do equilíbrio.

É importante lembrar que o resultado de qualquer tratamento também depende muito do paciente, das informações passadas, da dedicação em tomar a medicação e dos cuidados recomendados.

 

Agende sua consulta com os especialistas da Medic Life!